Envolvente Empresarial – Análise de conjuntura relativa ao 3º trimestre de 2021 indica recuperação do crescimento e alerta para os riscos de inflação

03 Nov 2021

Já está disponível aqui a publicação trimestral de análise de conjuntura Envolvente Empresarial – Análise de Conjuntura, referente ao terceiro trimestre de 2021, uma iniciativa conjunta AEP, AIP e CIP.

 

Nesta Envolvente Empresarial – Análise de Conjuntura realçamos:

→ A recuperação do crescimento em cadeia para 4,5% no segundo trimestre, após a contração de 3,3% no trimestre anterior, a refletir o levantamento progressivo das restrições às atividades.

→ O facto da retoma do PIB no segundo trimestre se dever ao retorno a um contributo positivo da procura interna, em virtude, sobretudo, da evolução do consumo.

→ A manutenção da projeção de 4,8% para o crescimento da economia portuguesas em 2021, constante do Boletim Económico de outubro do Banco de Portugal.

→ O alerta, nesse boletim, para o risco de acumulação de situações de maior debilidade financeira, que podem traduzir-se num aumento das empresas não viáveis face a 2019.

→ A recomendação do Banco de Portugal de que processo de ajustamento continua a requerer o apoio das políticas económicas, bem como o esforço de capitalização das empresas para que retomem em pleno as suas atividades.

→ A constatação, pelo Banco de Portugal, dos riscos de agravamento dos constrangimentos do lado da oferta, ainda que, na sua apreciação, o balanço de riscos em torno das projeções para a atividade esteja enviesado em alta.

→ Os riscos em alta para a inflação, associados a uma recuperação mais forte da procura e a um aumento mais significativo dos custos das matérias-primas.

→ A dinâmica de aumento das declarações de insolvência em Portugal, de acordo com dados experimentais revistos do Eurostat, no segundo trimestre.

→ A evolução das exportações de bens nos primeiros oito meses do ano, com um aumento homólogo de 21,5% face a 2020 e de 4,1% face a 2019.

→ As perdas homólogas significativas, em 2021, do excedente da balança de serviços, embora progressivamente menores à medida que o ano vai avançando.

→ A redução da taxa de desemprego registada no segundo trimestre para 6,7%, face ao trimestre anterior (7,1%) e o crescimento de 2,8% do emprego.

→ A tendência geral de subida em cadeia dos índices de preços das matérias-primas no terceiro trimestre, segundo dados do Banco Mundial.

→ A forte subida homóloga dos preços do gasóleo (37,2% antes de impostos e 18,2% no preço final), no terceiro trimestre, com uma aceleração expressiva em setembro.

→ A continuação da deterioração (embora menos marcada, no segundo trimestre) do indicador de competitividade-custo da economia nacional face aos 37 principais parceiros.

Próximos cursos
Primeiros Socorros
AEBraga- Rua Dom Diogo de Sousa, nº 91, 4700-422 Braga
Início a 22-11-2021
Agenda
Webinar - Qualidade nas PME do Comércio e Serviços
30 Novembro, 2021
10:30 – 11:45
Workshop - Medidas para a Recuperação Económica das Organizações
9 Dezembro, 2021
14:30 – 17:30
Torne-se associado
A AEB oferece aos seus Associados uma série de vantagens nos serviços que presta.