CIP alerta que é fundamental conciliar ambições climáticas com a competitividade das empresas

16 Jul 2021

Os objetivos do Pacto Ecológico e a ambição de reduzir as emissões de carbono em 55% até 2030 são aceites e defendidos pelas empresas. A questão que se coloca é de como atingir estes objetivos, e como os atingir sem destruir as empresas europeias e a sua capacidade para competir, investir, inovar e encontrar soluções tecnológicas para os problemas que enfrentamos.

É necessário encontrar um equilíbrio entre as ambições a que nos propomos e a realidade.

→ Em primeiro lugar, é necessário relembrar que a União Europeia é responsável por apenas 8% das emissões de carbono globais. Isto significa que qualquer ação europeia será insuficiente face aos desafios das alterações climáticas – as ambições europeias devem necessariamente ser acompanhadas a nível mundial.

→ As empresas europeias estão a enfrentar dificuldades resultantes da crise, para além de um crescente peso legislativo em várias áreas que afetam profundamente o seu funcionamento diário. É preciso dar tempo e apoio à transição, bem como dar espaço às empresas para trabalharem, tendo em consideração as condições de concorrência num contexto global.

→ Sobrecarregar a União Europeia com legislação que não seja realista, levará apenas a um maior risco de fuga de carbono, e não contribuirá para atingir o grande objetivo que é o de mitigar as alterações climáticas.

O pacote de propostas hoje apresentado pela Comissão Europeia contém propostas legislativas em várias áreas e irá impactar as empresas europeias como um todo, nomeadamente fornecedores de energia, indústria transformadora empresas tecnológicas e de desenvolvimento de produtos, e serviços.

O processo de análise só agora está a começar, mas o Presidente da CIP, António Saraiva, alerta para os riscos que já se identificam: “Estamos na direção certa, e alguns instrumentos legislativos irão ajudar na transição para a descarbonização da economia. Mas é necessário assegurar, acima de tudo, previsibilidade legislativa, dado que muitas empresas estão já a adiar investimentos importantes. Também é necessário assegurar uma partilha justa de esforços entre todos os sectores da sociedade. Nos últimos 15 anos a indústria europeia reduziu as suas emissões em 35%.”

Próximos cursos
Câmara Fotográfica/Fotografia com equipamento digital
Rua D. Diogo de Sousa, nº 91, 4700-411 Braga
Início a 02-09-2021
Pós-produção fotográfica - avançado
Rua D. Diogo de Sousa, nº 91, 4700-411 Braga
Início a 06-09-2021
Folha de Calculo
Online
Início a 20-09-2021
E-mercado
Online
Início a 22-09-2021
Agenda
Torne-se associado
A AEB oferece aos seus Associados uma série de vantagens nos serviços que presta.